Le Mans é muito mais que uma corrida. É um negócio. As marcas estão presentes para se promoverem, não sendo obrigatoriamente necessário ganhar corridas. Mostram-se, contentam a sua clientela, os seus convidados. Marketing puro e duro, oferecendo experiências únicas como a da Audi a Porsche. Trazem convidados de avião para o aeródromo ao lado da pista, instalam-os num hotel de muitas estrelas, criado de raiz, ou aproveitando um parque de exposições. Oferecem-lhes ensaios nos topo de gama das marcas, passeios de helicópteros para ver os carros em pista, corridas de karting, festas nocturnas com DJ enquanto podem olhar para a pista de um balcão com as melhores vistas do circuito, não sem antes terem visitado as boxes, visto os carros e convivendo os pilotos bem de perto. Enchem os convidados de mordomias, ajudados por orçamentos de milhões. E cada cêntimo que gastam é bem empregue. São as 24 Horas de Le Mans, evento único, que os convidados apreciam. Um dia, vão lembrar-se que as marcas lhe proporcionaram uma experiência como nunca tiveram. Pode ser na hora de comprar carro próprio, ou uma frota para a empresa. Mas esse dia chegar! Será hora de cobrar com mais uma venda de sucesso.

Porsche le Mans

Image credit: Eurosport


É a realidade dos negócios, mas é algo que também ajuda as marcas a apostarem no Desporto Motorizado. Nos dias que correm, o orçamento destes grandes projectos de competição, na casa das centenas de milhões, vem quase todo do Marketing. Promove-se tecnologia, o nome da marca e melhor ainda se no final se conseguir “vender” a vitória numa prova como as 24 Horas de Le Mans.
Automobilismo
24 Horas de Le Mans para ver no Eurosport neste fim de semana
17/08/2021 AT 15:38
A outro nível, há o negócio das tendas, grande público. Miniaturas, livros, posters, autocolantes, roupa, tudo o que seja gadget ligado à competição automóvel acaba por encontrar comprador. Porque vimos a Le Mans e queremos levar uma recordação. É quase impossível resistir. Quem não gostava de ter o carro vencedor de uma edição, numa escala que pode ir dos 1/43 aos 1/18. Quase sempre, uma reprodução quase perfeita. Aliás, a Feira do Village, no interior do circuito, faz parte integrante da festa. Hoje pela manhã, eu e o Ricardo Grilo, não deixamos de fazer a habitual peregrinação. De repente, queremos levar tudo de regresso a casa. Acreditem: não comprei nada. Afinal só queria mesmo aquilo que não podia comprar – um Porsche 911 RSR, à escala 1/1, réplica do que esteve na pista desde as 16h00, mas metade em metal, metade em... Lego. De facto, em Le Mans, temos ainda mais razões para não perder o espírito de criança.
Automobilismo
Endurance em destaque no fim de semana: 12 Horas do Estoril e 6 Horas de Monza
16/07/2021 AT 21:04
Automobilismo
Red Line: novo programa de atualidade nacional de desportos motorizados estreia esta 2.ª feira
05/07/2021 AT 19:08