A edição inaugural do Abu Dhabi Tour, que resultou de uma parceria entre a UCI e a Velon, substituiu a Volta à Pequim como a última prova por etapas relevante na temporada 2015.
Com três etapas virtualmente planas é uma prova para os sprinters brilharem mas o vencedor final deverá ficar decidido na terceira e penúltima etapa da prova, uma tirada de 142km com partida em Al Ain e chegada ao alto em Jebel Hafeet, uma subida de 10,8km e pendente média de 6,6% (com rampas de de 12% na fase inicial). As diferenças criadas nesta penúltima etapa serão, ao que tudo indica, determinantes para o pódio final que deverá, neste contexto, sorrir a três exímios trepadores.

Vincenzo Nibali é um dos cabeças de cartaz da prova e um dos grandes candidatos à vitória da edição inaugural do Abu Dhabi Tour. O italiano da Astana chega ao médio oriente num excelente momento de forma e moralizado pela vitória no Giro da Lombardia, o último monumento do ano. Mas não se pense que o ciclista transalpino terá vida facilitada até porque uma das principais ameaças à vitória poderá vir do seio da sua própria equipa e dá pelo nome de Fábio Aru (vencedor da Vuelta 2015). Alejandro Valverde (Movistar) é outro dos favoritos à vitória final. O experiente espanhol, melhor ciclista da temporada no ranking UCI, tem por hábito terminar o ano competitivo dna Lombardia e a sua presença em Abu Dhabi não deixa dúvidas quanto à sua motivação para fechar a época com chave de ouro. O final da etapa 3 assenta-lhe como uma luva e a sua explosividade nas subidas curtas poderá dar-lhe vantagem sobre os restantes trepadores.
Outro dos homens a ter em linha de conta é o jovem colombiano Esteban Chaves, quinto classificado na Vuelta 2015, onde brilhou vencendo duas etapas e andando vários dias vestido de vermelho. Chaves é a aposta da Orica Greenedge e não só. Muitos dos especialistas acreditam que o talentoso trepador de 25 anos poderá finalmente conseguir em Abu Dhabi aquilo que anda a perseguir desde que ingressou no World Tour: a sua primeira vitória numa prova por etapas. Na Lombardia Chaves foi dos poucos ciclistas que conseguiu acompanhar Nibali na montanha e provou que continua em grande forma pese embora o desgaste acumulado da Vuelta. As altas temperaturas conjudado com o perfil da terceira etapa são favoráveis às caracteristicas de Chaves, um ciclista explosivo nas montanhas.

Esteban Chaves (Orica-GreenEDGE) a remporté la 6e étape de la Vuelta 2015.

Image credit: AFP

Ciclismo
Camisolas arco-íris em jogo nos Campeonatos do Mundo de Ciclismo de Estrada
17/09/2021 AT 12:18
O elenco das 18 equipas presentes (10 WorldTour e 5 Pro-Continentais) está abrilhantado por alguns dos principais protagonistas do ciclismo mundial, nomeadamente, o recém-coroado campeão do mundo Peter Sagan (Tinkoff Saxo), que vai fazer a sua estreia com o equipamento do arco-íris. Tom Dumoulin (Giant Alpecin), Philippe Gilbert (BMC), Tom Boonen, (Etixx Quickstep), Michael Matthews (Orica Greenedge) e Marcel Kittel (Giant Alpecin) são algumas das restantes figuras de cartaz que estarão certamente em destaque nesta prova nos Emirados Árabes Unidos.
Portugal está representado em Abu Dhabi por dois ciclistas: Bruno Pires (Tinkoff Saxo) e Mário Costa (Lampre - Merida)
Abu Dhabi Tour
Etapa 1: QASR AL SARAB - MADINAT ZAYED (175km)
Etapa 2: ABU DHABI (YAS MARINA) - ABU DHABI (MARINA ISLAND) (130km)
Etapa 3: AL AIN (AL QATTARA SOUQ) TO JEBEL HAFEET (140km)
Etapa 4: YAS MARINA CIRCUIT - circuito de 20 voltas (110km)
Ciclismo
Começa uma nova época do PGA Tour para seguir no Eurosport
15/09/2021 AT 17:13
Ciclismo
Volta ao Luxemburgo com João Almeida abre semana de muito ciclismo no Eurosport
14/09/2021 AT 11:04