Se ver uma ‘Grande Volta’ é bom, então duas é ainda melhor! Em outubro, os fãs de ciclismo

vivem um momento fantástico no qual vão poder acompanhar o final da Volta a Itália e o

Ciclismo
Sábado arranca a 103.ª edição do Giro d’Itália com os portugueses João Almeida e Rúben Guerreiro
02/10/2020 AT 16:01

início da Volta a Espanha em simultâneo. Durante seis dias, as corridas vão mesmo colar

uma à outra. As tardes no Eurosport são para ficar agarrado ao ecrã e acompanhar o melhor

ciclismo do mundo.

De 20 de outubro a 8 de novembro discute-se a 75.ª edição de La Vuelta e o Eurosport garante

mais de 100 horas de transmissão em direto deste grande evento desportivo. Ao todo, o

pelotão terá de cumprir 2.882,8 quilómetros, divididos em 18 etapas, num percurso

desenhado pelo norte e centro de Espanha. O arranque acontece em Irún já com alguma

montanha pelo caminho nos 171 quilómetros de etapa. A Volta a Espanha 2020 conta ainda

com 4 etapas em linha, 6 de média montanha, 5 de alta montanha 4 ainda 1 contrarrelógio

individual. Estão previstas subidas aos duríssimos Col du Tourmalet, em França, Angliru e

La Covatilla. A prova termina, como é habitual, em Madrid.

Esta será a oportunidade de ver Chris Froome, vencedor da Vuelta em 2011 e 2017, com as

cores da INEOS pela última vez, já que o britânico muda de equipa na próxima temporada.

Mas o britânico não é a única atração nesta corrida que atrai anualmente grandes estrelas do

pelotão internacional. O campeão da Vuelta de 2019, Primoz Roglic (Jumbo-Visma) que

regressa este ano para defender o título, o holandês Tom Dumoulin (Jumbo-Visma), vencedor

do Giro 2017, o equatoriano Richard Carapaz (INEOS), vencedor do Giro 2019, Dan Martin,

Thibaut Pinot, Luis león Sánchez, Robert Gesink ou Niki Terpstra são outras das estrelas do

cartaz para a última Grande Volta do ano.

A Vuelta conta com quatro ciclistas portugueses, são eles Rui Costa (UAE Team Emirates),

Ivo Oliveira (UAE Team Emirates), Nélson Oliveira (Movistar) e Ricardo Vilela (Burgos-BH).

A Movistar terá na estrada uma das equipas mais experientes e veteranas do pelotão com

nomes como Alejandro Valverde, Enrique Mas e Marc Soler. Mais de um terço do pelotão (64

ciclistas) é formado por estreantes na Vuelta, incluindo alguns favoritos como Guillaume

Martin, Alexandr Vlasov, e noutro registo, Jasper Philipsen.

Inicialmente marcada para decorrer de 14 de agosto a 6 de setembro, saindo dos Países

Baixos e com várias etapas em Portugal, um regresso há muito aguardado, a pandemia de

covid-19 veio alterar os planos de todo o calendário velocipédico, sem que a Vuelta fosse

exceção.

A Vuelta a España pode ser vista no Eurosport com os comentários da equipa composta por

Paulo Martins, Gonçalo Moreira e Frederico Bártolo. Algumas etapas contarão ainda com a

presença de José Azevedo como comentador convidado. O antigo ciclista, 5.º classificado no

Tour 2004 e no Giro 2001, e atual diretor desportivo da Nippo-Delko, junta-se à equipa do

Eurosport!

O Eurosport é a ‘Casa do Ciclismo’ na Europa, garantindo a transmissão de mais de 2500

horas em direto de ciclismo repartidos ao longo de 200 dias de competição e mais de 100

provas.

Consulte a programação semanal do canal em www.eurosport.pt.

Ciclismo
Portugal com quatro ciclistas nos Mundiais de Estrada em Imola
22/09/2020 AT 13:57
Ciclismo
Europeus de Ciclismo de Estrada com 14 portugueses
23/08/2020 AT 16:02