Fabio Aru foi o mais rápido na 19ª etapa da Volta a Itália, uma tirada de 236 quilómetros entre Gravellona Toce e Cervinia. Com o triunfo, o italiano da Astana subiu à segunda posição da geral, por troca com o companheiro de equipa, o espanhol Mikel Landa.
A fuga do dia, onde estavam cinco ciclistas, chegou a ter dois minutos e meio sobre a frente do pelotão, onde rolava o camisola rosa, Alberto Contador.
A última subida do dia seria o grande teste e a Astana começou a trabalhar para deixar o seu ciclista em boa posição.
Ciclismo
Camisolas arco-íris em jogo nos Campeonatos do Mundo de Ciclismo de Estrada
17/09/2021 AT 12:18
Ryder Hesjedal (Cannondale-Garmin) atacou mas foi seguido por Fabio Aru, que teve mais pernas para se isolar e cortar a meta sozinho, ao fim de 06 horas 24 minutos e 14 segundos.
Hesjedal chegou 28 segundos depois do vencedor e Rigoberto Uran (Etixx-QuickStep) foi terceiro.
Alberto Contador, que chegou a 01.18 minutos de Aru, viu o italiano reduzir para 04 minutos e 37 a diferença na geral, com Landa a descer ao terceiro lugar, a 05.15 minutos.
Quanto aos portugueses, André Cardoso mostrou os seus dotes de escalador para terminar na 21ª posição, subindo ao mesmo posto na classificação geral.
Sérgio Paulinho (Tinkoff-Saxo) foi 69.º na etapa e é 100.º na geral. Fábio Silvestre (Trek), perdeu mais de 50 minutos na tirada e foi 155.º, é 150.º, a 05:08.26 de Contador.
Este sábado corre-se a última etapa decisiva do Giro, a 20ª, de 199 quilómetros entre Saint-Vincent e Sestriere, que terá como prato principal a monumental subida de Finestre, de 18,5 quilómetros que pode mexer com a geral.
Ciclismo
Começa uma nova época do PGA Tour para seguir no Eurosport
15/09/2021 AT 17:13
Ciclismo
Volta ao Luxemburgo com João Almeida abre semana de muito ciclismo no Eurosport
14/09/2021 AT 11:04