Numa tirada de 134 quilómetros entre Aprica, em Itália e Lugano Suíça, assistiu-se a uma fuga de três homens, Marco Bandiera (Androni-Sidemec), Iljo Keisse (Etixx-QuickStep) e Giacomo Berlato (Nippo-Vini Fantini). O pelotão geriu a diferença para os fugitivos. As equipas da Giant e Lampre lideravam as operações sem que nenhuma mostrasse pressa em começar a reduzir a diferença para o grupo em fuga.
A 27 quilómetros, os três fugitivos foram absorvidos pelo pelotão e logo a seguir a esta junção, Patrick Gretsch (Ag2R-La Mondiale) surge com alguns avanços mas Adam Hansen (Lotto-Soudal) respondeu. Hansen acabou por ser apanhado pelo pelotão mesmo antes da fronteira de Itália com a Suíça. O grupo manteve-se compacto e Sasha Modolo foi o mais rápido na frente do pelotão cortando a meta à frente do compatriota Giacomo Nizzolo (Trek) e do esloveno Luka Mezgec (Giant-Alpecin), ao cabo de em 03:07.51 horas. Foi a segunda vitória do italiano neste Giro, depois da conquista na 13ª etapa, e a oferecer o quarto triunfo à Lampre-Merida.
Ciclismo
Camisolas arco-íris em jogo nos Campeonatos do Mundo de Ciclismo de Estrada
17/09/2021 AT 12:18
Alberto Contador, que chegou integrado no pelotão, parte vestido de rosa para a 18.ª etapa, uma ligação de 170 quilómetros entre Melide, na Suíça, e Verbania (Itália), que se corre esta quinta-feira.
Ciclismo
Começa uma nova época do PGA Tour para seguir no Eurosport
15/09/2021 AT 17:13
Ciclismo
Volta ao Luxemburgo com João Almeida abre semana de muito ciclismo no Eurosport
14/09/2021 AT 11:04