Num dia de muito frio, vento e chuva, enfrentar os 202.6kms e 16 sectores de pavé entre Quaregnon e Dour apresentou-se como uma verdadeira batalha pela sobrevivência. Face à dureza do percurso e da meteorologia inclemente as baixas no pelotão foram muitas, entre elas o belga Philippe Gilbert (BMC), um dos favoritos à vitória, que abandonou sensivelmente a meio da prova.
Terpstra, vencedor do Paris-Roubaix em 2014, integrou a fuga de 18 elementos que se destacou do pelotão e onde seguiam, entre outros Tosh Van Der Sande (Lotto Soudal), Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo), e Sean de Bie (Lotto Soudal).
Este ultimo foi o primeiro a mexer a sério na corrida mas o ataque, feito a cerca de 38km da meta, foi sol de pouca dura. Mal o belga foi reabsorvido pelo grupo foi Nils Politt da Katusha tentar a sua sorte. O jovem alemão ainda conseguiu abrir uma vantagem de cerca de 20 segundos mas o esforço acabou por revelar-se inglório já que viria a ser alcançado pelos companheiros de fuga.
Ciclismo
Camisolas arco-íris em jogo nos Campeonatos do Mundo de Ciclismo de Estrada
17/09/2021 AT 12:18
Os sucessivos ataques foram deixando marcas e a seleção natural começou a fazer-se com alguns dos fugitivos a cederem.

Nikki Terpstra en route to his Paris-Roubaix win last year

Image credit: Eurosport

Com o sangue frio da experiencia foi Niki Tepstra quem jogou a cartada vencedora quando, a 14kms da meta, já na ultima volta ao circuito final, lançou o ataque que se revelou fatal para os demais aspirantes à vitória.
Numa primeira fase Scott Thwaites (Bora Argon-18) conseguiu seguir na sua roda contudo Terpstra conseguiu sacudir o britânico pouco depois e seguir a solo rumo à primeira vitória da temporada, a 17ª da carreira.
Thwaites fez segundo, a 19 segundos do campeão holandês, e Florian Senechal (Cofidis) fechou o pódio na terceira posição.
Ciclismo
Começa uma nova época do PGA Tour para seguir no Eurosport
15/09/2021 AT 17:13
Ciclismo
Volta ao Luxemburgo com João Almeida abre semana de muito ciclismo no Eurosport
14/09/2021 AT 11:04