Getty Images

Semana de clássicas de ciclismo a não perder no Eurosport

Semana de clássicas de ciclismo a não perder no Eurosport
By Eurosport

The 02/04/2019 at 11:30Updated The 02/04/2019 at 11:36

Através da Flandres, Route Adélie de Vitré, GP Miguel Induráin e Volta à Flandres estão em destaque na programação do canal.

Através da Flandres - 3 de abril – Bélgica

Dwars door Vlaanderen ou Através da Flandres é uma clássica de ciclismo de estrada belga realizada anualmente desde 1945. É igualmente a primeira das provas da “Semana Flamenga de Ciclismo”. A partida acontece na localidade de Roeselare e termina em Waregem 182,8 km depois. Ao longo do percursso, o pelotão enfrenta “muros” muito duros e vários setores de “empedrado” ou “pavê”.

Os ciclistas belgas dominam os registos vitoriosos com um total de 54, contra apenas 12 de holandeses. No ano passado, o homem da casa Yves Lampaert (Quick-Step Floors) foi o primeiro a cortar a meta conquistando a Através da Flandres pela segunda vez consecutiva.

Route Adélie de Vitré - 5 de abril – França

A Route Adélie de Vitré é uma clássica de ciclismo de estrada inserida no calendário da Taça de França realizada anualmente em Vitré, na região da Bretanha. Criada em 1966, esta volta substituiu no calendário o Tour d’Armorique, e tem desde 2005, a categoria de 1.1 da União Ciclista Internacional. A prova decorre na cidade de Vitré, ponto de passagem do Tour de France em várias ocasiões. Recebe o nome do patrocinador Adélie, uma marca de gelados. Em 2019, cumpre-se a 24.ª edição da prova e o pelotão terá de cumprir 197,8 km. A distância está repartida em dois circuitos urbanos. A Grande Volta é um circuito de 21,1 km que os corredores terão de atravessar seis vezes. Já a Pequena Volta é um circuito de 8,9 km e são obrigatórias oito voltas. A meta está situada no centro da cidade de Vitré, na Rue de Brest, uma reta de 300m que promete um final ao “sprint” emocionante. No ano passado, o suíço Silvan Dillier (AG2R La Mondiale) foi o vencedor da prova.

GP Miguel Induráin (em diferido) - 6 de abril – Espanha

O Gran Premio Miguel Induráin é uma prova de ciclismo de estrada de apenas um dia que se cumpre anualmente desde 1951 em Navarra, Espanha. Ao longo da história conheceu várias denominações, mas desde 1999 leva o nome do histórico ciclista navarro Miguel Induráin, vencedor de cinco Voltas a França consecutivas. A prova tem partida e chegada na localidade de Estella. No ano passado, o triunfo sorriu ao ciclista espanhol Alejandro Valverde (Movistar) que repetiu o êxito de 2014.

Volta à Flandres - 7 de abril – Bélgica

A Volta à Flandres é uma das importantes clássicas realizadas na Bélgica e o segundo dos “Cinco Monumentos” da temporada, nome que recebem as provas de um dia mais emblemáticas, devido à história e prestígio que carregam. Milão-Sanremo, Paris-Roubaix, Liège-Bastogne-Liège e a Volta à Lombardia são os outros “Monumentos”. A Volta à Flandres faz ainda parte das “Clássicas da Primavera”, das “Clássicas da Flandres” e das “Clássicas do Empedrado”.

Criado em 1913, o Tour de Flandres ou De Ronde van Vlaanderen, cumpriu a sua 100.ª edição em 2016. É organizada ininterruptamente desde 1919. Este ano cumpre-se a 103.ª edição do famoso “Monumento”. A Volta a Flandres é famosa pelos seus “muros”, rampas acentuadas muitas delas em “pavê” ou empedrado, que prometem criar muitas dificuldades aos ciclistas, algumas quedas, e muita emoção aos espetadores.

No ano passado, a vitória coube ao holandês Niki Terpstra (Quick-Step Floors). Ainda assim, os belgas dominam a tabela de vitórias com um total de 69.