O espanhol de 36 anos foi o mais forte no derradeiro dia de alta montanha nos Pirinéus e venceu a etapa 12, que terminou no alto do Plateau de Beille.
Depois de um dia menos bom, em que cortou a meta cerca de 10 minutos depois dos favoritos, “Purito” Rodriguez redimiu-se com uma prestação de tirar o chapéu na etapa rainha dos Pirinéus.
Logo após o primeiro sprint intermédio, a cerca de 20 kms da partida em Lanemezan o veterano integrou a fuga do dia, composta por 22 ciclistas. No grupo de luxo estavam, entre outros, o campeão do mundo Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), Sep Vanmarcke (LottoNL-Jumbo), Jakob Fulgsang (Astana), Romain Bardet (Ag2R-La Mondiale), Gorka Izagirre (Movistar) e Sylvain Chavanel (FDJ).
Ciclismo
Camisolas arco-íris em jogo nos Campeonatos do Mundo de Ciclismo de Estrada
17/09/2021 AT 12:18
A fuga teve carta branca por parte da Sky do camisola amarela Chris Froome e rapidamente abriu uma vantagem de mais de sete minutos.

Froome (re.) und Quintana (li.) erreichen das Ziel der Königsetappe der Tour de France

Image credit: Imago

Kwiatkowski e Vanmarcke atacaram na subida para Port de Lers, a penúltima contagem do dia e conseguiram distanciar-se dos restantes companheiros de fuga. A chuva recebeu os ciclistas no sopé do Plateau de Beille e o campeão do mundo aproveitou o endurecimento do terreno para aumentar o ritmo e deixar Vanmarke para trás.
No grupo dos perseguidores Rodriguez, Fulgsang e Bardet (assumiam as despesas na perseguição à frente da corrida e começaram aos poucos a ganhar terreno para Kwiatkowski, que atacou a última dificuldade do dia com um minuto e meio de vantagem para os perseguidores e mais de oito minutos para o grupo do camisola amarela.
“Purito” jogou a cartada final a cerca de 8km da meta sem que Fulgsang, nem Bardet, conseguissem seguir na sua roda. Num ápice o colega de equipa do português Tiago Machado alcançou Kwiatkowski, cumpriu os derradeiros quilómetros sozinho e cortou a meta isolado, arrecadando a segunda vitória nesta edição do Tour.
"É realmente fantástico. Esta etapa e este local é muito especial para mim. Vivo a 50km daqui e treino nestas estradas com frequência.", disse Rodriguez no final da etapa.
Lá atrás, no pelotão, jogava-se a geral e a Sky de Chris Froome foi atacada por todas as frentes. Alberto Contador (Tinkoff Saxo) foi o primeiro a mexer na corrida, atacando a 6.5km do fim. Richie Porte rapidamente neutralizou o espanhol mas depois foi a vez de Vincenzo Nibali (Astana) disferir novo golpe para tentar isolar Froome.

Tinkoff-Saxo rider Alberto Contador of Spain rides during the 195-km

Image credit: Reuters

O italiano ainda ganhou algum terreno mas Richie Porte conseguiu, uma vez mais, fechar o espaço. O duo da Movistar Alejandro Valverde e Nairo Quintana também tentaram a sua sorte mas a Sky esteve sempre imperial no apoio a Froome. Richie Porte, primeiro e Geraint Thomas depois, protegeram sempre o seu líder e nunca permitiram à concorrência ganhar terreno.
O grupo dos favoritos cortou a meta com o mesmo tempo, a mais de 6 minutos e meio de Purito Rodriguez, apenas Valverde conseguiu ganhar um segundo a Froome.
O pódio ficou completo com Jakob Fulgsang e Romain Bardet que fizeram segundo e terceiro, respectivamente.
Esta sexta-feira cumpre-se a etapa 13, uma tirada de 198kms entre Luret e Rodez, com uma contagem de terceira categoria e duas de quarta.
Classificação da Etapa 12:
1 Joaquim Rodriguez (ESP) Katusha 5 h40'14"
2 Jakob Fuglsang (DEN) Astana +1'12''
3 Romain Bardet (FRA) AG2R La Mondiale +1'49''
4 G. Izaguirre (ESP) Movistar +4'34''
5 Louis Meintjes (RSA) MTN-Qhubeka +4'38''
6 Jan Barta (CZE) Bora-Argon +5'47''
7 Romain Sicard (FRA) Europcar +6'03''
8 Mikhael Cherel (FRA) AG2R La Mondiale +6'28''
9 Alejandro Valverde (ESP) Movistar +6'46''
10 Christopher Froome (GBR) Sky +6'47''
Classificação Geral:
1. Christopher Froome (GBR) Sky 46h50'32"
2. Tejay van Garderen (USA) BMC +2'52"
3. Nairo Quintana (COL) Movistar +3'09"
4. Alejandro Valverde (ESP) Movistar +3'58"
5. Geraint Thomas (GBR) Sky +4'03"
6. Alberto Contador (ESP) Tinkoff - Saxo +4'04"
7. Robert Gesink (NED) LottoNL Jumbo +5'32"
8. Tony Gallopin (FRA) Lotto- Soudal +7'32"
9. Vincenzo Nibali (ITA) Astana +7'47"
10. Bauke Mollema (NED) Trek +8'02"
Ciclismo
Começa uma nova época do PGA Tour para seguir no Eurosport
15/09/2021 AT 17:13
Ciclismo
Volta ao Luxemburgo com João Almeida abre semana de muito ciclismo no Eurosport
14/09/2021 AT 11:04