Quando a vantagem do holandês Tom Dumoulin (Giant-Alpecin) parecia definitiva, com seis segundos, a Astana realizou um trabalho notável que levou o líder à quase certa consagração, este domingo, em Madrid. A quebra de Dumoulin deu-se na falta de argumentos para responder ao ataque na subida a La Morcuera, dos 175,8 quilómetros da penúltima etapa da Vuelta, entre San Lorenzo de El Escorial e Cercedilla.
José Gonçalves (Caja Rural) esteve em destaque e foi segundo classificado, atrás do espanhol Rubén Plaza que, sozinho durante 140 quilómetros, concluiu a tirada em 4:37.05 horas, gastando menos 1.07 minutos do que o português, que superou o italiano Alessandro De Marchi (BMC), terceiro classificado, por um segundo. O luso subiu dois lugares, para 34.º, a 01:15.59 horas do líder. André Cardoso (Cannondale) foi 39.º mas manteve o 18.º posto e continua a ser o melhor português.
Para a 21.ª e derradeira etapa, que vai terminar com a consagração, em Madrid, Aru parte com 1.17 minutos de vantagem sobre o espanhol Joaquim Rodríguez (Katusha), segundo classificado, e 1.29 sobre o polaco Rafal Majka (Tinkoff-Saxo), terceiro. O anterior líder Tom Dumoulin caiu até ao sexto lugar a +3:46 minutos do novo camisola vermelha, Fabio Aru que soma uma vantagem de 1:17 minuto sobre Joaquim Rodriguez.
Ciclismo
Camisolas arco-íris em jogo nos Campeonatos do Mundo de Ciclismo de Estrada
17/09/2021 AT 12:18
A 21ª e última etapa tem 98.8 km e com saída de Alcalá de Henares e chegada a Madrid, com transmissão em direto no Eurosport, este domingo.
Ciclismo
Começa uma nova época do PGA Tour para seguir no Eurosport
15/09/2021 AT 17:13
Ciclismo
Volta ao Luxemburgo com João Almeida abre semana de muito ciclismo no Eurosport
14/09/2021 AT 11:04