Cinco ciclistas, incluindo Pierre Rolland (Cannondale Drapac), constituiram a fuga do dia que andou escapada durante quase a totalidade dos 200 kms que ligaram Requena a Gandía. Os fugitivos, que foram sempre controlados pelo pelotão e nunca chegaram a ter mais de sete minutos de vantagem, acabaram por ser absorvidos à entrada para os derradeiros 10kms.

A vitória decidiu-se ao sprint como dinamarquês Cort Nielsen a bater sobre a linha de meta Nikias Ardnt (Giant Alpecin) e Jean Pierre Drucker (BMC). Foi a segunda vitória da temporada para Magnus Cort Nielsen e a primeira da carreira numa grande volta.
Para a Orica BikeExchange foi a terceira vez que colocaram um ciclista na posição cimeira do pódio nesta edição da Vuelta depois dos triunfos de Simon Yates (Etapa 6) e de Jens Keukeleire (Etapa 12).

O líder da classificação geral Nairo Quintana (Movistar) chegou no pelotão e mantém a camisola vermelha com 3’37’’ de vantagem sobre Chris Froome (Team Sky), segundo classificado.
Ciclismo
Começa uma nova época do PGA Tour para seguir no Eurosport
YESTERDAY AT 17:13
Ciclismo
Volta ao Luxemburgo com João Almeida abre semana de muito ciclismo no Eurosport
14/09/2021 AT 11:04
Ciclismo
Portugal com 20 ciclistas nos Europeus de estrada em Trento
07/09/2021 AT 01:04