Eurosport - Sente falta do futebol?
Unai Emery – Naturalmente como qualquer adepto de futebol, todos sentimos falta da competição. Neste momento aguardamos por notícias positivas o que será um bom sinal, será o regresso pouco a pouco à normalidade. Até lá, resta-nos estar preparados e esperar.
Eurosport - Apesar de não estar a treinar, continua a ver jogos e tomar apontamentos para estar preparado ou enfrenta a situação de uma maneira mais descontraída?
Eurosport
Eurosport Events passa a Discovery Events: a nova marca de gestão e promoção de eventos desportivos
09/09/2021 AT 22:06
Unai Emery – Treinei 16 anos seguidos sem parar. Continuo a trabalhar para estar o melhor preparado possível tendo em mente o futebol de outras ligas como as de Itália, França ou Inglaterra. Neste momento vejo muitos jogos e a analiso diferentes equipas e as suas dinâmicas de jogo. Tenho tido particular atenção ao futebol espanhol, para continuar a melhorar como treinador. E claro, também estou a melhorar na gestão de grandes grupos e em desporto de elite.
Eurosport - Estar tanto tempo sem jogar à bola devido à paragem tem um impacto grande?
Unai Emery – Estamos a trabalhar individualmente mais ou menos há um mês e meio. Quando regressarmos vamos ter de recuperar as dinâmicas coletivas de equipa e mover-nos em espaços maiores, e recuperar ainda as sensações que o treino e a competição que te proporcionam. Será um tempo de readaptação os mais ágil possível porque é necessário estar preparado para a competição. Jogar sem adeptos nas bancadas também será complicado, porque mesmo nestas circunstâncias, as pessoas já estão a precisar de desporto em direto. Nos últimos dias vi algumas etapas da Volta a França e da Flèche Wallonne no Eurosport só para recordar esses momentos.
Eurosport – Quando e onde gostaria de voltar a treinar?
Unai Emery – Neste momento estou aberto a tudo. A treinar em Espanha, voltar a Inglaterra ou ir para outros países como Itália ou França. Se me perguntam onde é que eu me vejo a curto prazo, eu diria Espanha, porque já me apetece voltar a treinar.
Eurosport – Ténis e futebol são dois desportos de uma fortaleza mental enorme?
Unai Emery – A preparação mental no mundo do ténis é brutal e é algo que também vejo no futebol. Tens de saber escolher o momento e saber quando tens uma oportunidade contra o teu adversário. Em ambos os desportos podes dominar apenas o jogo, enquanto que noutras ocasiões podes acabar por perder o controlo e mudar o resultado do jogo.
Eurosport – Cristiano Ronaldo é o Rafael Nadal do futebol e Leo Messo seria o Roger Federer?
Unai Emery – O Cristiano é um profissional exemplar tal como Messi e outros jogadores. O [Cristiano] Ronaldo é o [Rafael] Nadal do futebol e o [Leo] Messi seria o [Roger] Federer.
Eurosport – Sentiu dificuldades em dirigir grandes jogadores como Neymar?
Unai Emery – O Neymar tem um coração enorme e é muito importante ter empatia com as pessoas a nível humano porque para além disso têm estilos de vida diferentes. Existem muitos momentos pontuais na carreira desportiva de um futebolista e é importantíssimo ser capaz de focar o momento em que tens de dar o 100% para alcançar o que pretendes, o teu objetivo. O Neymar, sim aproveita a oportunidade, pode ser o melhor do mundo uma vez que tem grandes qualidades para tal. É impressionante trabalhar com ele e vê-lo nos treinos e nos jogos. Chegou o seu momento e tem de ser consciente, tal como os que os rodeiam, dessa oportunidade.
Eurosport
Discovery bate recordes de audiência digital durante os Jogos Olímpicos
13/08/2021 AT 10:59
Eurosport
Tóquio'2020 dá recordes nos canais de televisão e plataformas digitais do Discovery e do Eurosport
03/08/2021 AT 22:13