Bianchi morreu na sequência de um embate a alta velocidade numa grua no circuito de Suzuka, numa altura em que o carro de Adrian Sutil estava a ser rebocado, depois de um acidente do alemão. Bianchi é a primeira vítima mortal na Fórmula 1 em mais de 20 anos. O acontecimento marca o regresso das tragédias à Fórmula 1, tendo a última morte acontecido a 1 de maio de 1994, quando o brasileiro Ayrton Senna perdeu a vida no Grande Prémio de San Marino.
A morte dde Bianchi de apenas 25 anos, provocou manifestações de consternação no mundo do automobilismo. A Marussia, equipa de Bianchi, agora designada Manor, disse que o talentoso piloto deixou "uma marca indelével" no curto tempo que ali passou. "Não há palavras para descrever a enorme tristeza que se apoderou da equipa nesta manhã, quando se soube que perdemos Jules", disse a Manor, em comunicado.
O britânico Jenson Button, antigo campeão do mudo de Fórmula 1, descreveu Bianchi como "um grande tipo e um verdadeiro lutador", enquanto o espanhol Fernando Alonso, também duas vezes campeão do mundo, escreveu: "Amigo, companheiro, talento, sorriso. Eterno. Descansa em paz Jules. Sempre connosco".
Fórmula 1
Rosberg ou Hamilton? Título de Fórmula 1® discutido até à última volta
21/11/2016 AT 14:17
Da família Senna chegou a manifestação de pesar através de Bruno Senna, sobrinho de Ayrton e também piloto, manifestou o seu pesar e acrescentou: "Espero que tenhamos aprendido mais uma lição para evitar outras tragédias assim no futuro. Descanse em Paz!".
Fórmula 1
Rosberg pode ser campeão no Brasil
09/11/2016 AT 14:55
Fórmula 1
Rosberg pode ser campeão no México
25/10/2016 AT 15:55