Impressionante carreira dos New York City, com quatro vitórias consecutivas, subindo ao primeiro lugar da sua Conferência. Em ritmo inverso, os Orlando City voltaram a perder e Adrian Heath saiu do comando técnico do conjunto de Rafael Ramos. Quem lhes impôs essa derrota foram os FC Dallas, que são agora os líderes isolados da Conferência Oeste, na semana em que Tim Howard se estreou pelos Colorado Rapids.
Pensamento europeu na MLS
Patrick Vieira está a fazer história na Major League Soccer, não só por estar a conseguir ter sucesso na sua primeira temporada na Liga, o que nem sempre é possível para um técnico que não é norte-americano nem sequer atuou nesta competição enquanto jogador, mas por estar a trazer um pensamento europeu para os jogos da prova. A sua capacidade para gerir os tempos de jogo a partir do momento defensivo é uma novidade na MLS, algo que tem permitido os sucessos que o City vai somando.
Futebol
"Amando a Maradona"
18/12/2020 AT 14:01
Perante os New York Red Bulls, a segurança no momento de construção, de tal forma preparado para a transição defensiva que nunca viu a sua equipa apanhada em contrapé, permitiu-lhe ultrapassar algo que, há meses atrás, tinha sido um problema para o seu conjunto. Na frente de ataque, Jack Harrison foi sinónimo de resolução, com o golo marcado na primeira parte e a assistência para David Villa fazer o segundo.
Já durante a semana, a equipa viajou até ao terreno dos New England Revolution, apresentando praticamente o mesmo onze, mas, sobretudo, as mesmas ideias. Uma enorme solidez em termos de meio-campo, com Iraola como chefe defensivo, Pirlo e Lampard, renascido das cinzas, a fazerem o trabalho de sapa para que nada falte a quem joga, no risco, mais à frente. Foi mesmo o inglês o autor do golo que deu mais uma vitória à equipa de New York e que a coloca, agora, isolada na Conferência Este.
Adeus Adrian Heath

Trainer von Orlando City: Adrian Heath

Image credit: Imago

Fim da linha para a carreira de Adrian Heath em Orlando, depois de ter feito todo o trabalho de transformar uma estrutura da USL numa equipa da MLS. Depois de um primeiro ano em que a equipa deu boa nota de si, apesar de ter falhado o playoff, esperava-se muito mais nesta segunda temporada, algo que os altos e baixos de jogadores como Kaká, Júlio Baptista ou Nocerino também não têm permitido. Adrian Heath viu-se muitas vezes com poucas opções para determinadas posições, sobretudo na defesa, pelo que parecia complicado fazer mais e melhor.
Para já, fica no lugar Anthony Pulis, antigo técnico da equipa B e também antigo jogador do clube, enquanto se procura uma nova opção. Não espantará que, perante o sucesso dos seus rivais do New York City e tendo em conta que a administração do clube tem forte influência brasileira, se possa procurar longe dos Estados Unidos da América um nome sonante para liderar o projeto de ataque a uma posição de outro calibre.
Dallas isolado em semana de estreia de Howard
Na frente da competição estão os FC Dallas, equipa que impôs uma goleada de 4-0 aos Orlando City neste fim-de-semana. Barrios e Castillo, duas das estrelas criativas da equipa, mas também os centrais Zimmerman e Hedges contribuíram com golos para esse fantástico resultado que os deixa isolado depois do empate caseiro dos Colorado Rapids, a zero, com os Portland Timbers.
No entanto, o jogo dos Colorado foi razão para um regresso de um dos jogadores mais respeitados dos Estados Unidos. Há treze anos atrás, Tim Howard deixara a MLS e os New York Metrostars para atuar em Inglaterra. Depois de jogar no Manchester United e no Everton, Howard é agora cabeça de cartaz numa equipa que mantém claras ambições de lutar pelos títulos.
Este foi o primeiro grande nome a chegar na reabertura do mercado da MLS, algo que será aproveitado para mexer com vários plantéis durante as próximas semanas. Há estrelas a aterrar no campeonato dos Estados Unidos.
MLS no Eurosport!
E mais estrelas na MLS, significa também mais estrelas nos canais Eurosport. Esta semana temos dois encontros para oferecer aos nossos espetadores. Sábado, a partir das 20 horas, estaremos no Eurosport 2 para um fantástico Seattle Sounders - Los Angeles Galaxy. Domingo, também no Eurosport 2, depois das 23 horas, é tempo de ver os New York Red Bulls a receber os Portland Timbers.
Call it Soccer!
Luís Cristóvão - @luis_cristovao
Futebol
Eurosport estreia prémio futebolista "Star of the Year"
11/12/2020 AT 12:37
Futebol
24 Horas de Le Mans virtuais para ver no Eurosport numa semana com muito desporto motorizado
05/06/2020 AT 10:33