Eurosport

Eurosport atinge marca olímpica com parceria com a Federação Internacional de Tiro Desportivo

Eurosport atinge marca olímpica com parceria com a Federação Internacional de Tiro Desportivo
By Eurosport

The 28/08/2019 at 15:59Updated The 28/08/2019 at 16:04

Acordo com o Eurosport garante exposição consistente da modalidade até aos Jogos em Tóquio 2020.

O Eurosport vai permitir à modalidade do Tiro Desportivo gozar de uma exposição global nunca antes vista, na sua fase de preparação para Tóquio 2020, graças à assinatura de um acordo assinado com a Federação Internacional de Tiro Desportivo (ISSF).

Deste modo, o Eurosport garante a transmissão de alguns dos principais eventos do calendário da ISSF na Europa e Ásia que atingem um total de 65 países. Taças do Mundo e Campeonatos da Europa são algumas das provas que os fãs vão poder ver. A modalidade ganha assim uma exposição internacional mais consistente a menos de um ano do inicio dos Jogos Olímpicos. A grande maioria dos eventos servem para preencher as quotas de atletas para as Olimpíadas.

A cobertura das competições no Eurosport e no Eurosport Player será apoiada por uma campanha publicitária digital e linear integradas. O Eurosport será ainda responsável por produzir uma ampla gama de conteúdos editoriais direcionados a públicos-alvo, mas com o objetivo de chegar a um número muito maior de pessoas. Um desses exemplos é o Sport Explainer no qual são explicadas as características das especialidades Pistola, Carabina e Espingarda. Já no programa Athlete Spotligh Session, é dado a conhecer um pouco mais a vida de alguns dos melhores atiradores do mundo.

Laurent Prud'homme, SVP Rights Acquisitions and Syndication do Eurosport: “O tiro é um dos desportos do primeiro programa olímpico moderno e com Tóquio 2020 ao virar da esquina, este é o momento perfeito para o mostrar a milhões de fãs de todo o mundo através do Eurosport. O acordo com a ISSF fortalece a nossa narrativa olímpica, sendo os espectadores capazes de desfrutar de mais de 75% das modalidades que poderão ver em Tóquio, no nosso canal ao longo de todo o ano.”

Vladimir Lisin, Presidente da ISSF: “Este acordo com o Eurosport rumo a Tóquio 2020 é a prova de que é um dos desportos mais “históricos” dos Jogos Olímpicos e a nova parceria é mais uma forma de modernizar a maneira como é apresentado aos fãs em toda a Europa. O tiro desportivo é um dos poucos desportos no programa olímpico, onde as habilidades dos atletas são complementadas pelo uso das mais recentes tecnologias. É importante que as tecnologias usadas no desporto não ofusquem os esforços dos atletas, mas ofereçam a mesma oportunidade a todos e garantam que os resultados sejam justos. Os atletas precisam de ter imenso controlo físico e mental para acertar no alvo e garantir um resultado que geralmente é medido em milímetros.”

Dividido em três disciplinas – Pistola, Carabina e Espingarda –, o tiro desportivo foi um dos nove eventos nos primeiros Jogos Olímpicos modernos em 1896 e fez parte do programa em todas as Olimpíadas, exceto 1904 e 1928. Um total de 97 nações foram representadas nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro em mais de 15 eventos de tiro específicos. Existem um total de 161 federações nacionais em todo o mundo.

O acordo com a ISSF representa o compromisso do Eurosport em emitir três quartos de todas as disciplinas olímpicas nas suas plataformas, nos meses que antecedem as Olimpíadas Tóquio 2020.