Katie Ledecky vai regressar aos Estados Unidos carregada de ouro. A nadadora de apenas 18 anos já conquistou cinco medalhas de ouro nos Campeonatos do Mundo, que terminam este domingo em Kazan e bateu dois recordes mundiais. Depois de já ter subido ao lugar cimeiro do pódio nos 200m, 400m, 1500m livres e na estafeta dos 4x200 livres, a nadadora nascida em Washington arrecadou mais um ouro este sábado, nos 800m livres. E com um bonus: um novo recorde do mundo (que já lhe pertencia) e que baixou cerca de 3 segundos. Ledecky percorreu a distância em 8.07.39, sendo que a anterior marca estava nos 8.11.00.
Com este triunfo, a jovem nadadora venceu todas as provas em que se inscreveu em Kazan.
A comparação com Michael Phelps é impossível de evitar. Para além da quantidade de medalhas já conquistadas, Ledecky, tal como Phelps, estreou-se nus Jogos Olímpicos aos 15 anos.
Natação
Resistir às tentações e olhos no prémio
17/12/2019 AT 11:48
Ainda considerada menor de idade nos Estados Unidos, a jovem nadadora confessa que “não conhece limites” quanto ao que pode fazer no futuro. Mas até chegar ao seu máximo, Ledecki promete: “vou continuar a trabalhar no duro”.
Estados Unidos vencem estafeta mista
Foi preciso esperar pelo final do dia de sábado para ver mais um recorde do mundo batido, em Kazan. Os Estados Unidos venceram a prova de estafeta mista dos 4x100 metros livres (que se realizou pela primeira vez em mundiais), com o tempo de 3.23,05. O quarteto composto por Ryan Lochte, Nathan Adrian, Simone Manuel e Missy Franklin bateu o recorde que pertencia à Austrália, de 3.23,29.
A Holanda, que também nadou abaixo do anterior recorde, ficou com a medalha de prata e o Canadá completou o pódio.
Natação
Liga Internacional de Natação - Nadar com Las Vegas no pensamento
14/11/2019 AT 15:37
Natação
Outubro é mês de natação no Eurosport
02/10/2019 AT 16:25