O dia ficou marcado pelo acordo entre a World Snooker, que garantiu mais 10 anos de transmissões no canal pan-europeu, e o anúncio do regresso dos artistas da modalidade a Lisboa já em 2017, mas Ding Juhnui e Mark Selby também quiseram deixar a sua marca.
O chinês adiantou-se frente ao veterano escocês Alan McManus. O “tigre” terminou a primeira sessão a vencer por 6-2.
Já Mark Selby, campeão do mundo em 2014, parece determinado em voltar a erguer o famoso troféu de cor prata. O atleta natural de Leicester (que está nas bocas do mundo depois da sua equipa de futebol estar perto de conquistar um histórico título na Premier League) vai vencendo Marco Fu por 5-3. Fu, que se queixou de uma lesão nas costas, ainda conseguiu equilibrar o duelo. Mas a melhor ponta final de Selby fez a diferença, saindo assim com uma vantagem importante para a segunda sessão.
Snooker
Crucible Theatre abre portas a mais uma edição dos Mundiais de snooker
13/04/2021 AT 16:17
As meias-finais são disputadas à melhor de 33 ‘frames’: passa à final quem somar 17 vitórias. A final, a 1 e 2 de maio, é jogada à melhor de 35 ‘frames’, divididas por quatro sessões: ganha o primeiro a somar 18 partidas.
Meias-Finais:
Alan McManus 2 - 8 Ding Junhui
Marco Fu 3 – 5 Mark Selby
Snooker
Assalto ao Rochedo: Open de Gibraltar em snooker até 7 de março no Eurosport
01/03/2021 AT 16:29
Snooker
Judd Trump defende o título do Players Championship de 22 a 28 de fevereiro no Eurosport
18/02/2021 AT 09:35