Ding Junhui (que precisou apenas de duas sessões), Mark Selby, Alan McManus e Marco Fu garantiram um lugar nas meias-finais na principal prova mundial de snooker.
Depois do chinês ter “despachado” o galês Mark Williams por conclusivos 13-3, faltavam conhecer os três outros semi finalistas. Mark Selby, campeão do mundo em 2014, foi o primeiro a seguir as pisadas do “tigre”. O inglês de 32 anos, líder do ranking mundial, confirmou a superioridade frente a Kyren Wilson, depois de ter saído da segunda sessão a vencer por 10-6. Selby carimbou o passaporte para as meias-finais com um resultado de 13-8.
A grande surpresa foi a eliminação de John Higgins. O escocês, quatro vezes campeão do mundo (1998, 2007, 2009 e 2011), caiu aos pés de Alan McManus que, depois de ter entrado nesta quarta-feira em desvantagem por 5-3, conseguiu dar a volta e triunfar por 13-11 garantindo, pela terceira vez na carreira, um lugar nas meias-finais do Campeonato do Mundo de Snooker.
Snooker
Crucible Theatre abre portas a mais uma edição dos Mundiais de snooker
13/04/2021 AT 16:17
O último atleta a garantir um lugar nas meias-finais foi Marco Fu, de Hong Kong. O asiático, que chegou a estar a vencer Barry Hawkins por 9-1, deixou o inglês nivelar o encontro mas acabou por conseguir seguir em frente com um resultado de 13-11.
As meias-finais já serão disputadas à melhor de 33 ‘frames’: passa à final quem somar 17 vitórias. A final, a 1 e 2 de maio, é jogada à melhor de 35 ‘frames’, divididas por quatro sessões: ganha o primeiro a somar 18 partidas.
Meias-Finais:
Alan McManus-Ding Junhui (13 horas)
Marco Fu-Mark Selby (19 horas)
Snooker
Assalto ao Rochedo: Open de Gibraltar em snooker até 7 de março no Eurosport
01/03/2021 AT 16:29
Snooker
Judd Trump defende o título do Players Championship de 22 a 28 de fevereiro no Eurosport
18/02/2021 AT 09:35