Chegou a hora da verdade! Na próxima semana, arranca em Crawley mais uma edição do Open de Inglaterra, o primeiro torneio do “Home Nations Series”. É apenas a terceira edição desta minicompetição, que inclui ainda os Opens da Irlanda do Norte, da Escócia e do País de Gales, e tem um prémio altamente apetecido para todos os profissionais de snooker. Quem garantir a vitória nas quatro provas do Reino Unido, na mesma temporada, conquista um prémio de 1 milhão de libras, qualquer coisa como 1.1 milhão de euros, um recorde absoluto em termos de “prize money” na modalidade.
Ao longo da semana, 128 dos melhores jogadores do mundo concentram-se no K2 Leisure Centre para protagonizar alguns dos duelos mais acesos do ano sob o pano verde. Entre eles estão Mark Selby, Ronnie O’Sullivan, Judd Trump, Neil Robertson ou o campeão do mundo atual, Mark Williams.
Na época passada, o bónus milionário ficou por entregar, uma vez que os quatro Opens tiveram todos um vencedor diferente. Ronnie O’Sullivan venceu o Open de Inglaterra em 2017 erguendo o Davis Trophy, taça que recebe o nome do hexacampeão do mundo, o histórico Steve Davis. O inglês bateu na final o compatriota Kyren Wilson por 9-2.
Snooker
Crucible Theatre abre portas a mais uma edição dos Mundiais de snooker
13/04/2021 AT 16:17
Não perca os encontros do Open de Inglaterra, de 15 a 21 de outubro, nos canais Eurosport e no Eurosport Player, com comentários de Nuno Miguel Santos. Consulte a programação semanal do canal em www.eurosport.pt.
Snooker
Assalto ao Rochedo: Open de Gibraltar em snooker até 7 de março no Eurosport
01/03/2021 AT 16:29
Snooker
Judd Trump defende o título do Players Championship de 22 a 28 de fevereiro no Eurosport
18/02/2021 AT 09:35