O ano de 2020 começa em grande no Eurosport recheado de muito ténis! De 20 de janeiro a 2 de fevereiro, o canal emite em direto e em exclusivo o Open da Austrália, o primeiro torneio de ‘Grand Slam’ da temporada. Os fãs da modalidade vão poder desfrutar de uma ampla cobertura do evento com mais de 300 horas de ação em direto de Melbourne! Durante duas semanas, sem interrupções, o canal oferece a jornada na integra, a partir da meia-noite até ao início da tarde.

No Eurosport Player, os fãs têm a possibilidade de seguir o seu tenista favorito bastando para tal selecionar o ‘court’ em que joga. A aplicação do canal disponibiliza todos os duelos de singulares e pares tanto masculinos como femininos discutidos nos 16 ‘courts’ do Melbourne Park.

Ténis
Ténis de volta ao Eurosport
10/11/2020 AT 15:17

Para além de uma cobertura exaustiva de toda a ação em ‘court’, o Eurosport conta igualmente com a análise e comentários rigorosos dos melhores especialistas como John McEnroe, Alex Corretja, Boris Becker ou Patrick Mouratoglou. Diariamente vai para o ar o magazine ‘Game, Schett & Mats’, programa apresentado por Mats Wilander, vencedor de sete títulos de ‘Grand Slam’, e por Barbara Schett, ex tenista profissional, onde são revistos e comentados os temas que marcam a atualidade da jornada.

Na época passada, Novak Djokovic conquistou o Open da Austrália pela sétima vez na carreira, tornando-se no recordista de títulos do torneio. O sérvio venceu o espanhol Rafael Nadal com parciais de 6-3, 6-2 e 6-3. Nas senhoras, a japonesa Naomi Osaka conquistou o título ao derrotar a checa Petra Kvitova com parciais de 7-6, 5-7 e 6-4.

Uma cobertura sem rival do Open da Austrália para ver em exclusivo nos canais Eurosport e no Eurosport Player até ao dia 2 de fevereiro. Agora resta apenas desfrutar de ténis de grande qualidade! É preciso dizer mais alguma coisa?

OS PROGRAMAS

Australian Open - Commissioner of Tennis - episode 5

Image credit: Eurosport

AO STORIES – Um olhar nostálgico a alguns dos momentos mais importantes de edições passadas do Open da Austrália.

LECONTE D’HENRI – Alguns dos momentos mais marcantes e emocionantes do Open da Austrália são narrados através do olhar do antigo tenista Henri Leconte recorrendo a imagens de arquivo do torneio.

LEGENDS VODCAST – Durante o torneio em Melbourne serão gravados três novos episódios deste ‘vodcast’ com os lendários tenistas Mats Wilander e Boris Becker.

THE COMMISSIONER OF TENNIS – Polémico, divertido e imprevisível assim se pode caracterizar John McEnroe, o autoproclamado Comissário do Ténis, que regressa para mais uma temporada. Ao longo de cinco episódios, a gravar em Melbourne, irá comentar a atualidade do torneio de uma maneira única e com muito humor à mistura.

THE COACH – A análise técnica e profunda dos encontros, jogadas e tenistas com recurso à tecnologia de Realidade Aumentada fica a cargo do prestigiado treinador Patrick Mouratoglou.

OS ESPECIALISTAS DO EUROSPORT

Mats Wilander – É um dos rostos mais conhecidos do Eurosport! Mats Wilander, antigo tenista vencedor de sete títulos de ‘Grand Slam’ trabalha com o Eurosport desde 2007. O sueco apresenta e analisa as jogadas de todos os torneios de ‘Grand Slam’ no programa ‘Game, Schett & Mats’.

Mats Wilander and Alex Corretja

Image credit: Eurosport

Barbara Schett – A antiga tenista austríaca trabalha com o Eurosport desde 2010 sendo um dos rostos que apresenta o programa ‘Game, Schett & Mats’ junto com Mats Wilander. Schett foi uma das melhores tenistas da sua geração tendo conquistado três títulos do WTA.

John McEntroe – O antigo tenista norte-americano dispensa apresentações. É uma das grandes figuras da modalidade tendo conquistado 77 títulos, dos quais sete de ‘Grand Slam’, ao longo de uma carreira de 18 anos. Trabalha com o Eurosport desde 2015 assumindo o papel de comentador e Comissário do Ténis.

Boris Becker – Foi um ícone do ténis e um dos maiores da sua geração. Boris Becker conquistou 49 títulos entre os quais seis de ‘Grand Slam’. O alemão conquistou ainda a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Barcelona 1992 em pares. Durante três anos, Becker treinou Novak Djokovic. Atualmente é comentador especialista do Eurosport Alemanha e do Eurosport Internacional.

Alex Corretja – O antigo tenista espanhol Alex Corretja destacou-se nos ‘courts’ de terra batida ao longo de uma carreira de 14 anos na qual conquistou 17 títulos. Após retirar-se, Corretja treinou Andy Murray tendo depois assumido o papel de capitão da seleção de Espanha na Taça Davies em 2012 e 2013. Colabora com o Eurosport desde 2015.

Patrick Mouratoglou – É um dos treinadores mais famosos do mundo do ténis. Patrick Mouratoglou fundou a Tennis Academy em 1996 por onde passaram milhares de talentos. Orientou tenistas como Marcos Baghdatis, que chegou à final do Open da Austrália em 2006, Grigor Dimitrov ou Jéremy Chardy. Atualmente orienta a norte-americana Serena Williams. Mouratoglou colabora com o Eurosport desde 2011 e apresenta o programa de análise The Coach.

Roberta Vinci – É uma das mais recentes “contratações” do Eurosport. A tenista italiana Roberta Vinci conquistou ao longo da carreira um total de 35 títulos da WTA (25 pares e 10 individuais). Em 19 anos no circuito, Vinci ergues o troféu de pares de todos os ‘Grand Slams’. Em 2015 chegou à final do Open dos Estados Unidos, mas acabou derrotada pela compatriota Flavia Pennetta com parciais de 7-6 e 6-2.

Justine Henin – A tenista belga Justine Henin é outra das grandes “contratações” do Eurosport para 2020. Conta com um currículo invejável tendo conquistado 43 títulos dos quais se destacam sete de “Grand Slam” ao longo de 12 anos de carreira. Henin, que liderou o ‘ranking’ mundial durante 117 semanas, conquistou o Open da Austrália em 2004. Justine Henin irá partilhar os seus conhecimentos e fará a analise dos encontros para o Eurosport França e Eurosport Internacional durante o Open da Austrália.

O Eurosport conta ainda com outros especialistas locais como Henri Leconte, Nicolas Escudé ou Arnaud Di Pasquale.

OPEN DA AUSTRÁLIA EM NÚMEROS

796.435 – Foi este o número impressionante de pessoas que passou pelo Melbourne Park durante o Open da Austrália em 2019. Um novo recorde que supera os números de 2018 de 743.667 pessoas. O Open da Austrália continua a registar a maior afluência de público dos quatro ‘Grand Slams’ desde 2015.

7 – Novak Djokovic é sinónimo de títulos. Com um registo perfeito em Melbourne de 7 finais ganhas o sérvio é assim o maior campeão de sempre na história do Open da Austrália superando os seis títulos de Roy Emerson e Roger Federer.

Novak Djokovic of Serbia poses for photographs with the trophy after the Singles final against John Millman of Australia on day seven of the Rakuten Open at the Ariake Coliseum on October 06, 2019

Image credit: Getty Images

13 – Samantha Stosur conquistou o Open da Austrália em Pares 2019 depois de há 13 anos ter perdido a na final contra Yan Zi e Zheng Jie. Desta feita, a jogadora australiana, que competia na sua 13.ª final, não falhou e conquistou o troféu ao lado de Zhang Shuai. A dupla bateu as campeãs de 2018 Kristina Mladenovic e Timea Babos com parciais de 6-3 e 6-4.

11 – São 11 as mulheres que procuram a liderança do ‘ranking’ mundial do ténis em Melbourne. Poderá haver uma nova número 1 do mundo final do torneio de ‘Grand Slam’?

12 – Stefanos Tsitsipas registou um dos números mais impressionantes do Open da Austrália 2019 quando salvou 12 ‘break points’ num duelo contra Roger Federer.

5 – Número recorde de títulos em cadeira de rodas alcançado pelo tenista australiano Dylan Alcott.

15 – Ao conquistar o Open da Austrália 2019, Novak Djokovic garantiu o seu 15.º título de ‘Grand Slam’ da carreira superando o seu herói de infância Pete Sampras. Aos seis anos, Djokovic estava de férias numas montanhas na Sérvia quando assistiu à vitória do norte-americano Sampras em Wimbledon 1993. Com 31 anos, Djokovic é agora terceiro na lista dos maiores tenistas de sempre com 16 títulos de ‘Grand Slam’ atrás de Rafael Nadal (19) e Roger Federer (20)

25 – Foi este o impressionante número de participações no Open da Austrália de Leander Paes. O tenista indiano de 45 anos, finalista em juniores em 1990, jogou no ano passado o torneio pela 25.ª na carreira. Ao longo de um quarto de século conquistou o título de Pares em 2012, com Radek Stepanek, e de Pares Mistos em 2003, 2010 e 1013.

53 – Djokovic e Nadal mediram forças na final do Open da Austrália pela 53.ª vez na história com o sérvio a vencer por 6-3, 6-2 3 6-3 em pouco menos de duas horas. O anterior duelo foi uma luta de dois dias em Wimbledon. Já em Melbourne Park a última vez aconteceu em 2012 e o encontro durou quase seis horas convertendo-se na final mais longa de um torneio de ‘Grand Slam’.

INCÊNDIOS DEVASTADORES

A enorme e devastadora vaga de incêndios na Austrália provocou até ao momento a morte a 28 pessoas e deixou um rasto de destruição desde que começou em outubro de 2019. Levou ainda a que milhares de australianos tivessem de ser retirados das suas casas tendo os fogos queimado milhões de hectares de floresta e de terrenos, numa área equivalente em tamanho à Coreia do Sul ou a Portugal.

O ano de 2019 foi o mais quente e o mais seco na Austrália desde que existem dados. O dia de 18 de Dezembro de 2109 foi o mais quente de sempre, com uma média nacional de temperaturas máximas de 41,9 graus. Com o desaparecimento das florestas na Austrália, também os animais e suas casas começam a ser afetadas. Os especialistas estimam que o número de animais que sucumbiram, incluindo animais domésticos, já chegue aos milhões, além de centenas de milhares de animais selvagens feridos e deslocados.

Poor air quality at the Australian Open after bush fires

Image credit: Getty Images

O Eurosport e o Eurosport Player vão emitir o Rally for Relief, um evento de ténis de solidariedade que reúne estrelas da modalidade em Melbourne, na próxima quarta-feira, dia 15 de janeiro. O palco deste encontro será o ‘court’ da Rod Laver Arena e por ele passarão estrelas como Roger Federer, Rafael Nadal, Serena Williams, Naomi Osaka, Caroline Wozniacki, Nick Kyrgios ou Stefanos Tsitsipas. As receitas angariadas no evento têm como destino o Victorian Bushfire Appeal, um fundo de apoio ao combate aos incêndios na Austrália.

O Rally for Relief faz parte do programa Aces for Bushfire Relief, lançado pela Tennis Australia, a Federação de Ténis da Austrália, na semana passada, em resposta à devastadora crise de incêndios florestais que o país vive. Como parceiro do Australian Open, o Eurosport apoiará a atividade #Aces4BushFireRelief doando um valor financeiro por cada ‘Ás’ (Ace) obtido durante o torneio. Irá também promover amplamente o encontro de solidariedade da Tennis Australia na Europa por forma a angariar mais fundos para o Bush Fire Relief em parceria com a Cruz Vermelha Australiana.

O Rally For Relief será transmitido no Eurosport 1 e no Eurosport Player na quarta-feira, 15 de janeiro, para toda a Europa, a partir das às 08:00h. Ao longo do encontro serão mostradas mensagens de apelo à ação e sobre como os espectadores podem fazer donativos.

Comece o ano de 2020 com o Open da Austrália no Eurosport. O canal garante uma cobertura com mais de 300 horas em direto de ténis estando todos os 16 ‘courts’ e todos os encontros disponíveis através do Eurosport Player. Conta igualmente com a melhor análise feita por uma equipa incomparável de especialistas. O Open da Austrália a não perder no Eurosport de 20 de janeiro a 2 fevereiro!

Ténis
O PGA Tour não pára! WORKDAY CHARITY OPEN, um torneio novo, a não perder no Eurosport 2.
09/07/2020 AT 14:26
Ténis
BETT1 ACES, o torneio de ténis alemão discutido em relva e piso rápido para ver em direto
09/07/2020 AT 14:19