O 5º classificado do ranking mundial afirmou que se sente preparado para vencer o segundo Grand Slam da temporada. O japonês está motivado pelos últimos resultados, com a conquista do Open de Barcelona e de ter chegado à final do Masters 1000 de Madrid que perdeu para Andy Murray. Antes de conhecer o adversário da primeira ronda, Nishikori revelou as expectativas para o Grand Slam: “Estou entusiasmado. Há mais alguns dias pela frente, por isso estou a tentar treinar para estar preparado para domingo“.
Kei Nishikori admite a exigência deste torneio jogado a cinco sets, o que obriga a um empenho redobrado a nível físico e mental: “Alguns aspetos fisicos. São 5 sets e precisamos de ter carbo-hidratos no corpo. Mas tenho estado a treinar bem. Tenho treinado alguns pontos, e tudo está a correr bem”.
O tenista de 25 anos disse que mudou o seu jogo na terra batida, tornando-se mais agressivo e empenhou-se mais no serviço e na resposta. Nishikori mantém um de seus treinadores de longa data, Dante Bottini, e reforçou a equipa técnica em dezembro de 2013 ao contratar o técnico e antigo tenista Michael Chang.
Ténis
Eurosport garante Open da Austrália em exclusivo para os próximos dez anos
08/09/2021 AT 21:27
“É divertido jogar na terra batida, estou a tentar diferentes pancadas, variar o jogo, amorties, ângulos, bolas altas, tenho que misturar cada uma das pancadas. É divertido jogar”.
Na última edição Nishikori ficou pela primeira ronda mas o japonês tem como melhor exibição em Roland Garros, os oitavos de final em 2013, que perdeu para Rafael Nadal.
Ténis
US Open é a última barreira ao sonho de Djokovic
25/08/2021 AT 16:15
Ténis
Discovery renova por cinco anos com Roland-Garros
11/06/2021 AT 20:08